Pediculus capitis

Agente causador da pediculose

O que é a pediculose?

A pediculose é doença causada pela infestação do homem pelo piolho (nome científico Pediculus capitis), conhecido como piolho- da-cabeça. Estes parasitas se acomodam nos cabelos ou no couro cabeludo e se alimentam do sangue do hospedeiro.

Poux_adulte.png

Pediculus capitis

Como identificar este parasita?

O piolho é um inseto bem pequeno, com aproximadamente 0,3cm, alongado e achatado, com três pares de patas e aparatos bucais para a perfuração da pele.

Quem são as pessoas atingidas?

Segundo a Fiocruz, os maiores índices de contaminação está nas Américas, atingindo, principalmente, 30% das crianças em idade escolar. No entanto, é uma doença de alta prevalência mundial devido à sua fácil transmissão.

Como ocorre a transmissão?

O Pediculus sp. se desenvolve somente no homem, ou seja, possui um ciclo monoxênico, com um único hospedeiro.

O ciclo começa quando um piolho adulto põe seus ovos, as lêndeas. As ninfas, parecidas com a fase adulta porém muito menores, eclodem do ovo e passam por metamorfoses até a fase adulta. A sucção de sangue ocorre somente pelos parasitas adultos.

 

A transmissão do piolho ocorre com o contato físico com a pessoa contaminada, seja pelo compartilhamento de roupas, escovas de cabelo, chapéus, bonés, e acessórios contaminados.

 

Devido aos aparatos bucais do parasita para a sucção de sangue, a pediculose pode causar coceira e leves marcas avermelhadas no couro cabeludo (local da infestação).

Como fazer a prevenção?

Para a prevenção da pediculose, é importante evitar contato direto com a pessoa contaminada.

Deve-se examinar e observar a cabeça com frequência das pessoas contaminadas e os familiares ou pessoas próximas.

Educar as crianças e os adultos a não compartilhar roupas, bonés, toalhas e objetos pessoais para evitar a transmissão.

Realizar a limpeza dos objetos pessoais.


Uso do pente fino para evitar a propagação.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico do piolho é simples, ocorre ao avistá-los nos cabelos da pessoa infectada, uma vez que são visíveis a olho nu.

Qual o tratamento?

O tratamento existente é realizado por meio do uso de piolhicidas (xampus e medicamentos via oral) que controlam a doença. A duração do tratamento depende da quantidade de parasitass encontrados no hospedeiro.

Atividade

A criança vai pra escola e volta com uma coceira terrível. Os responsáveis logo descobrem os pontos cinzentos andando no couro cabeludo. Agora você é o piolho e este labirinto representa os fios de cabelo. Guie o piolho até a saída:

Conheça nossos materias educativos

Abaixo você pode fazer o download de um inforgráfico com as principais informações sobre o piolho e da atividade educativa acima. Você pode imprimi-la e se divertir e informar seus amigos

  • Atividade educativa sobre o patógeno 

  • Infográfico do patógeno para divulgação em mídias sociais 

Referências Bibliográficas

  1. REY, Luís. Bases da parasitologia médica. - 3.ed -  Rio de Janeiro:  Guanabara Koogan, 2010. recurso online ISBN 978-85-277-2026-7.

  2. MURRAY, Patrick R. Microbiologia Médica. 8 ed. - Elservier.